2.06.2012

violeta-africana

A violeta-africana (Saintpaulia), que é uma das mais atraentes plantas de interior, pode florir durante todo o ano, se for convenientemente tratada. Embora as flores da espécie original tenham apenas uma camada de pétalas, algumas das variedades e alguns dos híbridos possuem numerosas camadas de pétalas. As flores apresentam cores variadas, desde o branco a vários tons de azul, roxo, cor-de-rosa e vermelho.
No entanto, o tamanho das flores e das folhas nem sempre é previsível, já que o aspecto das variedades e dos híbridos depende freqüentemente das condições em que os mesmos são cultivados.
Localização mais favorável
Mantenha a planta durante todo o ano num local com boa luz, mas não a exponha a sol direto. Se tiver iluminação fluorescente, coloque a planta por baixo de uma lâmpada durante 12 horas por dia, a uma distância de cerca de 30 em. A planta dá-se melhor a uma temperatura de 18-24°C e precisa de bastante umidade.
Regar a planta
Regue moderadamente, de modo que a mistura do vaso fique úmida depois de cada rega. Coloque o bico do regador por baixo da folhagem para que a água seja dirigida para a mistura sem molhar as folhas. Deixe secar cerca de 1 em da camada superficial da mistura antes de regar novamente. O excesso de água apodrece as raízes das violetas-africanas.
Adubação
Adube a planta sempre que a regar com um adubo líquido que contenha quantidades iguais de nitrogênio, fósforo e potássio, diluído de modo a ficar com um quarto da concentração habitual.
Como envasar e reenvasar
Envase as violetas africanas numa mistura com partes iguais de turfa, perlite e areia e junte três ou quatro colheres de sopa de dolomita para cada quatro xícaras da mistura. Você pode comprar estes ingredientes nas lojas de plantas. Escolha um vaso com um diâmetro de cerca de um terço do da planta.
Reenvase a planta quando as raízes tiverem enchido o vaso
As violetas africanas desenvolvem -se melhor quando as raízes estão apertadas, pelo que o novo vaso deve ser pouco maior do que o antigo.
Reprodução
A planta pode ser reproduzida colocando-se uma estaca de folha numa mistura de envasar ou em água. Escolha folhas saudáveis e corte os pecíolos de modo a ficarem com cerca de 2,5-5 em. Cubra os vasos com sacos plásticos onde fez furos pequenos e prenda os sacos com elásticos em volta da borda do vaso. Deixe ficar assim durante 7-10 semanas, até que as estacas dêem sinais de ter enraizado, e depois transplante-as para vasos.
ATENÇÃO. As violetas africanas são extremarnente suscetíveis de serem atacadas por afídeos, ácaros e cochonilhas.

Seguidores

Follow by Email