2.24.2011

Karen Carpenter

User-agent: Mediapartners-Google* Disallow:

Karen Carpenter

Karen Carpenter, Uma verdadeira artista,que cantava música,música de verdade.

~.
Ela é lembrada por muitos artistas como uma das melhores cantoras de todos os tempos. Madonna e K.D. Lang, entre outros, citaram-na como influência musical.
~
·Biografia
Karen nasceu em New Haven, Connecticut, no nordeste dos Estados Unidos, filha de Harold Bertram Carpenter (1908-1988) e Agnes Reuwer Tatum (1915-1996). Seu irmão Richard desenvolveu um grande interesse pela música desde cedo, tornando-se um virtuose no piano. A família mudou-se em 1963 para Downey, subúrbio de Los Angeles, Califórnia, sede de várias gravadoras, com o objetivo de facilitar a vida de Richard em sua carreira musical.

Em 1968, John Wayne encontrou os Carpenters em um show de talentos chamado "Your All American College Show." Ele pediu a Karen que tentasse um papel em seu filme,"True Grit." Karen fez o teste, mas foi Kim Darby quem recebeu o papel.

~
·Carreira Musical

De 1965 a 1968 Karen fez parte do Richard Carpenter Trio, com o irmão Richard e o amigo Wes Jacobs, um baixista e tocador de tuba. O trio tocava jazz em casas noturnas e no programa de TV "Your All American College Show", embora quem tocasse o baixo nas aparições televisivas fosse Bill Sissyoev e não Wes Jacobs. Karen, Richard, e outros músicos (inclusive o letrista John Bettis) participaram do conjunto Spectrum (1967-1968).
Karen e Richard Carpenter assinaram seu contrato como "Carpenters" no início de 1969. Ela cantou a maioria das músicas no primeiro álbum, Offering (mais tarde renomeado para Ticket to Ride). "Ticket to Ride" viria a ser o maior sucesso desse álbum, atingindo a posição 54. O álbum seguinte, Close To You, levou os Carpenters ao estrelato, com duas canções na posição 1: "(They Long to Be) Close To You" e "We've Only Just Begun".

http://www.youtube.com/watch?v=6inwzOooXRU
Karen raramente escolhia as canções cantadas por ela e frequentemente sentia ter pouco controle sobre sua própria vida. A imprensa especializada também acabava escrevendo resenhas desfavoráveis à dupla. Ela fazia dietas obsessivamente e desenvolveu anorexia nervosa, cuja primeira manifestação foi em 1975, quando uma exausta e enfraquecida Karen Carpenter foi forçada a cancelar apresentações na Inglaterra e no Japão. Ao mesmo tempo, Richard desenvolveu dependência de soníferos, o que o levou a interromper sua carreira no final daquela década para se tratar, o que interrompeu as apresentações públicas da dupla entre 1978 e 1981

·Morte.

Em 4 de fevereiro de 1983, pouco antes de seu 33° aniversário, Karen Carpenter teve uma parada cardíaca na casa de seus pais em Downey e foi levada a um hospital próximo, falecendo 20 minutos depois. Naquele dia, Karen iria terminar seu divórcio

A autópsia declarou que sua morte foi resultado de uma cardiotoxicidade (em função dos eméticos, como o xarope de ipecac) por causa da anorexia nervosa. No sumário anatômico, o primeiro item foi parada cardíaca, com anorexia em segundo. O terceiro foi a caquexia, em função de seu baixo peso e fraqueza corporal associadas a uma doença crônica. Richard e a mãe de Karen discordam do uso de eméticos, mas não dos laxantes.
Seu funeral foi realizado em 8 de fevereiro de 1983, na Igreja Metodista de Downey. Karen, colocada com uma roupa rosa, foi levada em caixão aberto. Mais de mil pessoas foram às exéquias, suas amigas inclusas. Seu ex-marido esteve no funeral, retirou sua aliança e lançou-a sobre o caixão.


- REPAREM NA ÙLTIMA APARIÇÂO DELA,EM TV NACIONAL.

http://www.youtube.com/watch?v=geD1eg4Qsd8




E agora,fazem 28 anos que a Voz de "Anjo" De Karen Carpenter, deixou nosso mundo

Seguidores

Follow by Email