7.27.2010

Maldição de Tecumseh

A Maldição de Tecumseh, maldição de Tippecanoe ou maldição dos 20 anos, é um termo com que se refere um padrão de acordo com o qual, entre os anos de 1840 e 1960, os presidentes dos Estados Unidos da América que tivessem vencido as eleições num ano terminado em zero (por exemplo 1840, 1860, 1880, etc.) morreriam durante o exercício do cargo.

É provável que esta maldição derive de um episódio sucedido cerca de 1811, depois da batalha de Tippecanoe que teve lugar entre as forças norte-americanas sob o comando do posteriormente candidato presidencial, William H. Harrison e os índios Shawnee, tribo ameríndia liderada por Tecumseh e seu irmão Tenskwatawa, conhecido pelo apelativo de "o Profeta". Supostamente Tenskwatawa lançou uma maldição contra Harrison e todos os futuros ocupantes da Casa Branca. Alegadamente, em 1836, enquanto Tenskwatawa posava para um retrato e os presentes discutiam o possível resultado das eleições, aquele terá lançado a sua profecia:

“Harrison não ganhará este ano o posto de Grande Chefe. Mas ganhará da próxima vez. E quando o fizer não terminará o seu mandato. Morrerá durante o exercício.”

Quando um dos presentes objetou que nenhum dos presidentes dos E.U.A. morrera durante o cargo continuou o Profeta:

“Digo-vos que Harrison morrerá e quando ele morrer vós recordareis a morte do meu irmão Tecumseh. Vós credes que perdi os meus poderes, eu que faço que o Sol escureça e os peles-vermelhas deixem a aguardente. Digo-vos que ele morrerá e depois dele, todo o Grande Chefe escolhido a cada 20 anos daí em diante, e quando um morrer, todos recordarão a morte de nosso povo.”
Exceção

A eleição de Ronald Reagan em 1980 não foi seguida pela sua morte, dado que Reagan sobreviveu aos oito anos dos dois mandatos. Aos poucos meses da presidência sobreviveu a uma tentativa de assassinato.

Tal como os presidentes que morreram no cargo, Reagan foi sucedido no cargo pelo seu vice-presidente George Bush, o primeiro vice-presidente titular em 152 anos a assumir a Presidência por um motivo distinto da morte ou renúncia do presidente.

Cabe notar que Nancy Reagan, esposa de Reagan, recorreu em várias ocasiões à ajuda de astrólogos, pelo que corre o rumor entre os crédulos de que mediante este tipo de ajudas a maldição foi desfeita.
Presidentes incluídos na linha da suposta maldição

William Henry Harrison



Eleito: 1840

Primeiro Mandato

Causa da morte: Pneumonia

Ano da morte: 1841
Abraham Lincoln



Eleito: 1860

Segundo Mandato

Causa da morte: Assassinato

Ano da morte: 1865

James Garfield



Eleito: 1880

Primeiro Mandato

Causa da morte: Assassinato

Ano da morte: 1881

William McKinley


Eleito: 1900

Segundo Mandato

Causa da morte: Assassinato

Ano da morte: 1901
Warren Harding



Eleito: 1920

Primeiro Mandato

Causa da morte: Não esclarecido: Ataque cardíaco, derrame ou envenenamento

Ano da morte: 1923

Franklin Roosevelt



Eleito: 1940

Quarto Mandato

Causa da morte: Hemorragia cerebral

Ano da morte: 1945

John Kennedy



Eleito: 1960

Primeiro Mandato

Causa da morte: Assassinato

Ano da morte: 1963

Ronald Reagan



Eleito: 1980

Fora do cargo

Causa da morte: Causa natural (pneumonia). A 30 de Março de 1981 sofre uma tentativa falhada de assassinato, e foi o único Presidente dos Estados Unidos atingido por uma bala no exercício do cargo a sobreviver

Ano da morte: 2004

George W. Bush



Eleito: 2000

Primeiro Mandato

Tentativa de assassinato - não sofreu ferimentos

Vivo
________________________

Seguidores

Follow by Email