10.31.2009

Os mais brutais e arrepiantes métodos de tortura de toda história

 




1ª - Sapatos com pontas que furavam os pés
Castigo: Os sapatos de metal na imagem possuem pregos na sola, para não perfurar a sola do pé, a pessoa deveria permanecer na ponta do pé tanto tempo quanto possível; para mais sofrimento, foi combinada com um sistema que imobilizava as mãos e punhos perto da cabeça, obrigando a pessoa a ficar na posição vertical.








2ª - O Torturador de Hereges
Com duas pontas em cada extremidade, este cruel torturador foi criado de modo para os hereges confessarem permitindo apenas mover sua boca para falar sussurrando. Por meio de um cinto, o torturador era fixado no pescoço do torturado que deveria permanecer o tempo todo com a cabeça erguida. Se caso ele tentasse mover a cabeça, seu pescoço e esterno eram perfurados.







3ª - Cadeira submergível
Usado principalmente em mulheres acusadas de bruxaria. A cadeira era submersa,a pessoa amarrada na cadeira, logo não podia respirar. O juiz era quem decidia quanto tempo o acusado ficaria submerso. O processo era geralmente repetido até que o torturado confessasse ou morre-se afogado, em alguns casos, o réu era executado por enforcamento mais tarde.







4ª - Botas
As pernas da vítima eram colocada entre duas tábuas de madeira unidas por cordas. A tortura era feita com um martelo, onde se agredia as juntas do acusado repetidas vezes; cada vez que se realizava um golpe preciso, os ossos das pernas se fragmentavam. Quando as madeiras eram retiradas, sobrava apenas uma massa de pele e osso; apenas a pele os impediam de cair no chão...







5ª - A Tortura de Água
Amarrava-se a vítima com um fio de espinhos e tapava-se a boca com panos para que não pudesse vomitar, através de um tubo é introduzido água no nariz até seu estômago, o abdome inchava com os fios presos no corpo, causando uma dor aguda pelo arame farpado enfincando na pele e seu estomago prestes a estourar. Muitas vezes davam chutes em seus estômagos e por fim pulavam em cima, estourando o estomago e causando a morte.






6ª - Unha de Gato
O torturado era pendurado nu e com um instrumento equipado com ganchos na ponta era "arranhado".
Frequentemente ganchos penetravam tão profundamente que o osso ficava exposto ou até mesmo se partia.







7ª - Mesa de Tortura
Você deitado em uma mesa de madeira e os dois pulsos amarrados à uma cabeceira, os pés estão amarrados por uma corda que era presa em uma especie de engrenagem, fazendo o corpor ser esticado ao maximo. As articulações não podiam resistir e acabavam destrocando.







8ª - Esquartejado por Cavalos
É amarrado uma corda em cada extremidade do prisioneiro e, a outra extremidade do cabo de um cavalo, os cavalos puxavam com força a corda e literalmente as "extremidades" do torturado eram arrancadas.
Esta era execução pública, que foi muitas vezes utilizada por homicídio ou tentativa de homicídio de royalties ou outros nobres. Era uma das execuções preferidas da população.







9ª - A Pera
Dependendo do tipo de torturados, a pêra era introduzida através do ânus ou da vagina, uma vez dentro do seu corpo, gira-se uma manivela para abrir o "acessório" no seu interior, causando uma dor insuportável, além de expandir o objeto, tinha-se pontas que eram enfincadas no torturado.








10ª - Purificador de Almas
Em muitos países católicos, o clero acreditava que para retirar uma maldição da alma, o acusado tinha que ingerir água fervente, carvão em brasa, ou ambas em combinação.
Esta tortura geralmente ocorria após o prisioneiro confessar sua heresia que normalmente ocorreu após ter sido torturado e, em muitos casos, antes de serem executados.

Seguidores

Follow by Email